História


Através da série "Patu: Conte a Sua História" do Blog A Folha Patuense contaremos um pouco da história do Campus Avançado de Patu, em seis capítulos - tomando como base de consulta a monografia publicada pelo professor João Ismar de Moura, onde agradecemos desde já pela sua colaboração.

 

 Visão frontal do Campus Avançado de Patu

 

 Foto de João Ismar de Moura

História pesquisada na monografia do Prof. João Ismar de Moura
sobre a História do Campus Avançado de Patu.

 

 

A História do Campus Avançado de Patu

Capítulo 1


A integração criada com os municípios da Região do Médio-Oeste do Rio Grande do Norte e com algumas cidades do vizinho Estado da Paraíba, devido a migração de jovens que vinham cursar o Segundo grau em Patu e o aumento do número de alunos com cursos de Magistério e o Técnico em Contabilidade concluídos, residentes na cidade, aliados aos demais fatores econômicos e sociais demonstrados no Projeto de Criação do Campus, fizeram com que a idéia da criação de uma escola de Terceiro Grau em Patu se sedimentasse cada vez mais na mente daqueles que sempre lutaram pelo desenvolvimento do município. Pessoas como Dr. Rafael Godeiro Sobrinho, Dr. João Ismar de Moura, à época vereador, Prof. José Leomberg Lopes, vereador Miguel Câmara Rocha, os dois últimos in memorian, e outros, discutiam frequentemente como poderiam atingir este objetivo.

 

 Foto de Miguel Câmara Rocha

 

 

O vereador Miguel Câmara Rocha sempre discutia
com os seus pares a necessidade de criação de uma
instituição de ensino superior no município de Patu.

 

 

 

 

  

 

Logotipo do Rotary Club

 

Em 1979, o Dr. Ednardo Benigno de Moura, na qualidade de Diretor na Avenida de Serviços do Rotary Club de Patu, levou a idéia àquela entidade, conseguindo o apoio de seus pares tendo sido inclusive escolhido para levar o pleito às autoridades de Mossoró. Mantidos os primeiros contatos com o Deputado Federal Vingt Rosado, o mesmo demonstrou total interesse em apoiar quela iniciativa. Isto ficou patente no seu empenho em fazer com que o processo tramitasse o mais rápido possível, em virtude da exigüidade do tempo para que o 1º vestibular fosse realizado logo no ano de 1981.

   

 

Foto de Ednardo Benigno de Moura

 

O Dr. Ednardo Benigno de Moura foi orientado a encaminhar um solicitação por escrito ao então Presidente da Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte (FURRN), professor Laplace Rosado Coelho, visando a criação do Campus de Patu.

 

 

 

 

No dia 07 de Maio de 1980, o Presidente da Fundação, através da Portaria nº 080/80, cria uma comissão formada pelos professores Ramiro Augusto Nunes, José Freitas Nobre e Maria Salomé de Moura, sob a presidência do primeiro, para efetuar o estudo da viabilidade da implantação do Campus Avançado de Patu, tendo determinado o prazo de sessenta dias para a entrega do citado estudo.

 Foto de Vingt Rosado

 

Deputado Federal Vingt Rosado

Agilizou o processo de Criação do campus de Patu.

 

 

 

 

Em meados de Junho de mesmo ano, a comissão verificadora visitou Patu e promoveu uma reunião na Escola de 2º Grau Dr. Edino Jales, com a presença de autoridades locais e dos demais Municípios circunvizinhos, cerca de 20, incluindo alguns do Estado da Paraíba.

Na próxima reunião do Rotary após a visita da comissão, o rotariano João Ismar de Moura foi acolhido por unanimidade para proceder ao levantamento da situação cultural e sócio-econômica da Região o qual encaminhado sob a forma de relatório, em anexo, que serviu de base para que a comissão firmasse o seu parecer final, favorável por unanimidade à criação do Campus de Patu.

Foto de Laplace Rosado Coelho

 

 

 

Laplace Rosado Coelho

Presidente da FURRN (hoje FUERN) e Reitor da URRN (hoje UERN), no período de junho de 1983 a agosto de 1985.

 

 

 

 

Foto de João Newton da Escóssia

 

João Newton da Escóssia

Prefeito de Mossoró na época.

Como a Universidade era Municipal foi preciso a autorização do prefeito de Mossoró da época.

 

 

 

 

No dia 1º de Setembro de 1980 na Sala de Sessões da FURRN, conforme cópia da Ata, foi aprovada, também por unanimidade, pelo CONSUNI a criação do Campus Avançado de Patu, havendo apenas uma pequena modificação na proposta original: ao invés dos cursos de Pedagogia, Ciências (Matemática) e Administração, foram criados os cursos de Pedagogia, Ciências e Ciências Contábeis, com 40, 30 e 30 vagas respectivamente. Seguiram-se os trâmites legais; o processo foi encaminhado ao Prefeito de Mossoró, Dr. João Newton da Escóssia, tendo sido sancionado pelo Decreto nº 178/80 de 04 de Setembro de 1980. A homologação dada pelo Prefeito de Mossoró prende-se ao fato de a FURRN ser subordinada àquela edilidade.

 Foto de Maria Salomé de Moura

 

 

Maria Salomé de Moura

Apoiou a criação do Campus Avança de Patu.

 

 

 

 

 

Ressalta-se o apoio dado à causa da criação do Campus Avançado de Patu, pela Profª Maria Salomé de Moura, que até hoje de maneira espontânea, incondicional e irrestrita tem colaborado para a manutenção e bom funcionamento desta unidade de ensino implantada em sua terra natal.

Cumpridas as exigências legais, foram iniciadas as questões no sentido de se compor seu quadro administrativo. Várias reuniões se seguiram com a participação de lideranças políticas locais e autoridades da FURRN.

 Foto de José Tavares de Holanda

 

José Tavares de Holanda (Zequinha Tavares)

Prefeito de Patu na época.

Indicou nome da primeira secretária do Campus, Maria Helena Godeiro.

 

 

 

 

Finalmente houve um consenso entre as partes e foi indicado para coordenador, o Prof. João Ismar de Moura, ficando o cargo de secretária para ser preenchido posteriormente, aguardando-se a indicação que seria feita pelo então Prefeito de Patu, o Sr. José Tavares de Holanda. Enquanto a escolha desse nome era procedida, o Sr. José Maria Cavalcante, atual Tabelião da cidade de Janduís-RN, atuou como secretário, por sinal com muita competência e habilidade; neste período foram feitas as inscrições para o 1º vestibular a ser realizado em Janeiro de 1981, cujos números de inscritos e aprovados constam em anexo.

Foto de Maria Helena Godeiro

 

 

Maria Helena Godeiro

Primeira secretária do Campus Avançado de Patu.

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de alguns entendimentos com a direção da FURRN, o Sr. Prefeito indicou a Profª Maria Helena Godeiro para a função de secretária. Em seguida, foram nomeadas Maria Gilvanete de Amorim Belo e Miriam Levino da Silva para os cargos de Agente Administrativo e Datilógrafa respectivamente, para o setor de apoio foi indicada Maria Nogueira de Moura. Estava assim formado o corpo administrativo, iniciando-se a seguir os primeiros contatos para a formação do que no âmbito da FURRN ainda não havia sido instituída a seleção por concurso público. Os professores selecionados foram: Evilásio Ferrerira de Souza, Antônia Edna de Paula, Germano Lacerda da Cunha, Maria Zélia Teodoro Fernandes e Terezinha Soares de Oliveira, para lecionarem as disciplinas de Elementos de Matemática, Sociologia I, Metodologia da Ciência, Psicologia Geral e Língua Portuguesa I, respectivamente.

Foto de Evilásio Ferreira

 

Evilásio Ferreira de Souza

Fez parte da primeira equipe de professores.

Lecionou a disciplina Elementos da Matemática.

 

 

 Foto de Germano Lacerda da Cunha

 

 

Germano Lacerda da Cunha

Fez parte da primeira equipe de professores.

Lecionou a disciplina Metologia da Ciência.

 

 

 

 

O local escolhido para servir de sede do Campus foi a Escola de 1º Grau Francisco Francelino de Moura, porém a Secretaria funcionava em um prédio alugado, em frente ao mesmo, a aproximadamente 100m de distância, o que dificultava um pouco as ações administrativas. Assim transcorreu o primeiro ano letivo.

 

Capítulo 2


No ano seguinte, 1982, depois de inúmeros contatos da Coordenação do Campus com a Direção 12º NURE, em Umarizal, foi dada a autorização para o funcionamento do Campus na Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes. Mais uma vez surgiram problemas: o prédio estava com o teto totalmente comprometido, e a instalação elétrica e hidráulica danificadas. Para agravar ainda mais a situação não havia espaço disponível para que fossem instaladas secretarias e a coordenação.

 Foto do Ginásio Municipal de Patu

 

O Campus iniciou suas atividades em salas do Ginásio Municipal de Patu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto do Campus Avançado de Patu

 

 

Depois passou para escola Dr. Xavier Fernandes.

Hoje sede definitiva Campus de Patu.

 

 

 

 

 

 

 

 

O Coordenador procurou imediatamente a Direção da FURRN em Mossoró e expôs a situação dramática e vexatória por que passava o Campus de Patu. O Presidente, Prof. Laplace Rosado Coelho mostrou-se sensível ao problema, mas alegou falta de recursos financeiros até mesmo para efetuar pagamentos da folha funcional. Imediatamente o Coordenador fez uma proposta desafiadora: consiga os recursos para o pagamento da mão-de-obra, que os Prefeitos da Região e a comunidade financiarão os recursos necessários para aquisição do material, e em sessenta dias a escola estará restaurada. A proposta foi aceita, o Coordenador voltou para Patu, mobilizou os amigos e dentro de quarenta e cinco dias a obra estava concluída, vencido assim o primeiro grande obstáculo.

As crises no âmbito da FURRN se sucediam e as dificuldades administrativas se multiplicaram a cada mês, chegando a atrasar o pagamento dos professores e funcionários por cinco meses.

Contornada a situação, foram contratados novos professores para suprir as deficiências que surgiam a cada período letivo.

 

Foto de João Ismar de Moura

 

 

João Ismar de Moura

Enfrentou diversas crises da antiga FURRN.

 

 

 

 

 

 

Em Junho de 1983, o Professor João Ismar de Moura foi convocado para reassumir a função de Farmacêutico-Bioquímico de Análises Clínicas do SENAI-Natal-RN, onde era lotado e estava cedido à Universidade Regional por prazo determinado. Para substituí-lo foi nomeada provisoriamente a Profª Maria Gorette de Moura, licenciando-se alguns meses depois por motivo de saúde, indo para o seu lugar a Profª Mosaneide Alves de Lima Félix, até o retorno da Profª Gorette.

 

Foto de Gorete Moura

 

 

 

 

Maria Gorette de Moura

Foi nomeada provisoriamente diretora do Campus de Patu

 

 

 

 

 

Neste período realiza-se a solenidade de Colação de Grau da 1ª turma concluinte, num total de 78, sendo: 31 em Ciências, 14 em Ciências Contábeis e 33 em Pedagogia. O paraninfo Geral foi o Deputado Federal Vingt Rosado e a oradora foi a concluinte de Pedagogia, Maria Celi Barreto. Como não havia espaço apropriado no Campus, a cerimônia foi realizada na Igreja Matriz de Patu.

 

Foto da Igreja Matriz de Patu

 

 

A primeira solenidade de Colação de Grau das turmas concluintes foi realizada na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.

 

 

 

 

 

 

 

Foto de Vingt Rosado

 

 

Deputado Vingt Rosado

Primeiro Paraninfo Geral das turmas concluíntes.

 

 

 

 

 

 

Foto das Turmas Concluíntes

 

 

As solenidades de Colação de Grau, durante anos, foram realizadas na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.

 

 

 

 

 

 

 

Em Maio de 1985, o Professor João Ismar de Moura foi sondado pela Professora Maria Salomé de Moura sobre a possibilidade de reassumir a função de coordenador, devido ao grande descontentamento entre a Coordenação do Campus e a administração central. Sensibilizado com os apelos e consciente da difícil tarefa de coordenar uma Unidade de Ensino sem recursos próprios, aceitou o desafio retornando à coordenação do Campus em Junho do mesmo ano.

 

Foto do Padre Sátiro Dantas

 

Padre Sátiro Dantas

Após crise na FURRN, sai Laplace Rosado e entre Padre Sátiro Dantas com Reitor.

 

 

 

 

 

 

Alguns meses depois irrompeu-se nova crise no âmbito da FURRN, e o Presidente Laplace Rosado que a esta altura acumulava os cargos de Presidente e Reitor, é demitido; para o seu lugar é nomeado o Padre Sátiro Cavalcanti Dantas, que procurou sanear as finanças da Instituição e iniciou a luta pela sua estadualização.

Na gestão do Pe. Sátiro, várias assembléias foram realizadas com o objetivo de reunir subsídios para elaboração do projeto de estadualização. Após alguns meses de luta o Governador Radir Pereira depois de receber em Palácio várias caravanas da FURRN, vindas de Pau dos Ferros, Patu, Mossoró e Assu se comprometeu perante a todos que antes do término do seu governo, efetuaria a incorporação da FURRN à administração estadual, o que foi efetuado através da Lei nº 5.846 de 08 de Janeiro de 1987 e publicado no Diário Oficial dois dias depois de ser assinada. Também em sua gestão o Padre Sátiro decretou eleições para coordenador dos Campi Avançados. Em Patu foi eleito o Professor João Ismar de Moura, para cumprir um mandato de quatro anos, obtendo 97% da preferência dos eleitores, compostos dos três segmentos (Professores, Alunos e Funcionários).

 

Foto do Governador Radir Pereira

 

Governador Radir Pereira

Efetuou a incorporação da FURRN à administração estadual.

 

 

 

 

 

  

Foto da Estadualização da FURRN

 

 

Ato de estadualização da URRN, hoje UERN.

O Governador Radir Pereira assumiu compromisso que ia estadualizar a URRN e cumpriu a palavra.

 

 

 

O Campus Avançado de Patu foi criado para atender uma demanda de até 400 alunos, no período de quatro anos. Este contingente já tinha sido atingido em toda sua plenitude, nos seus primeiros anos de funcionamento. Como não havia salas de aula suficientes, cerca de 200 alunos do ciclo geral eram atendidos precariamente na Escola Professor Raimundo Rocha, distante aproximadamente 1 km da atual sede do Campus.

 

Foto da Escola Professor Raimundo Rocha

 

 

Por falta de espaço o Campus também funcionou em salas da Escola Raimundo Rocha.

 

 

 

 

 

Após a posse, o Professor João Ismar de Moura procurou novamente a Direção Central da FURRN e expôs o problema, obtendo a garantia de 50% dos recursos. Com apoio do prefeito local e de Municípios circunvizinhos, estudantes e a comunidade da Região conseguiram levantar os 50% restante. Sendo construído assim mais seis salas de aula, a Diretoria, a Biblioteca, a Quadra de Esportes, o Almoxarifado e restaurado o muro.

 

 

Foto do Prefeito Epitácio de Andrade

 

Prefeito Epitácio de Andrade

Ajudou significativamente na ampliação e reforma do Campus Avançado de Patu.

 

 

 

 

 

 

Vale ressaltar o apoio significativo do então Prefeito de Patu, o Dr. Epitácio de Andrade e do Governador Radir Pareira, sem os quais não teria sido realizado este empreendimento.

 

 

Capítulo 3


Em 11 de Setembro de 1985, realiza-se a eleição para Vice-Reitor, sendo escolhido o Professor Antônio Capistrano. Vários meses depois o Padre Sátiro renuncia e o Professor Capistrano assume os destinos da FURRN/URRN em 09 de Janeiro de 1987. Humanista por vocação, sempre procurou solucionar os impasses de maneira diplomática. Costumava visitar os Campi frequentemente e sem rodeios encaminhava as soluções de maneira muito prática. Em sua gestão, foram construídas mais três salas destinadas aos departamentos de Pedagogia, Ciências (Matemática) e Ciências Contábeis; ampliada a Biblioteca e a cantina; construído um Auditório com capacidade para 150 pessoas e a Praça do Estudante; foi adquirido uma Xerox e um telefone, além da revisão geral das instalações elétrica e hidráulica do Campus; restaurado os móveis antigos e equipados os Departamento e a Biblioteca.

 

Foto de Antônio de Farias Capistrano

 

 

Ex-Reitor Antônio de Farias Capistrano

 

 

 

 

 

Ainda na administração do Professor Capistrano, foram realizados vários seminários e no apagar das luzes da gestão do Reitor e do Coordenador foi as duras penas realizada a 1ª etapa do curso de Especialização, onde apenas um professor deixou de participar.

Por falta de tempo o Professor Antônio Capistrano não inaugurou todas as obras realizadas na sua gestão, no Campus de Patu.

Foto de Antônio Gonzaga Chimbinho

 

 

Ex-Reitor Antônio Gonzaga Chimbinho

 

 

 

 

 

 

Inicia-se então a administração do Reitor, Professor Antônio Gonzaga Chimbinho, eleito em pleito direto. Como já estava quase no final do mandato do coordenador, professor João Ismar de Moura, o tempo tornou-se insuficiente para realizar algumas obras planejadas para melhorar o funcionamento do Campus. Neste período foi inaugurado o Auditório Professor Antônio Capistrano, a Praça do Estudante e a Biblioteca Professora Mônica Moura que havia sido ampliada e reequipada. As solenidades de inauguração foram presididas pela Professora Maria das Neves Gurgel de Oliveira Castro, Vice-Reitora, representando o Magnífico Reitor.

Logo em seguida inicia-se a campanha para a 2ª eleição de coordenador do Campus Avançado de Patu. Três chapas disputam o pleito, formadas pelos Professores: a 1ª Ozório Menezes e José Luciano, a 2ª Luiz Gonzaga de Oliveira e Moseneide Alves e a 3ª Terezinha Soares e Aurélio Quirino, para coordenador e vice respectivamente. No final saiu vitoriosa a 2ª chapa.

Foto de Luiz Gonzaga de Oliveira

 

 

Ex-Diretor Luiz Gonzaga de Oliveira

 

 

 

 

 

Conforme as novas vigências, no dia 11 de dezembro de 1989 foram empossados os Professores Luiz Gonzaga de Oliveira – Coordenador e Moseneide Alves de Lima Félix – Vice-Coordenadora, em solenidade presidida pela Vice–Reitora, com a presença de autoridades locais e representações de todos os segmentos da Universidade. Encerra-se assim a gestão do Professor João Ismar de Moura, que durou praticamente 10 anos. Dias depois, foi solicitado ao então Governador Dr. Geraldo José de Melo a disponibilidade do Professor João Ismar de Moura para o Gabinete do Prefeito de Patu, onde serviu como Assessor Administrativo até 30 de Março de 1991.

Foto da Biblioteca do Campus

 

 

Na gestão do diretor Luis Gonzaga de Oliveira, o Campus recebeu ampliação através de construção de mais três salas para atense aos cursos de Matemática, Ciências Contábeis e Pedagogia.

 

 

 

 

 

O Professor Luiz Gonzaga de Oliveira, iniciando a sua gestão fez mudanças no Setor Administrativo, tais como: o remanejamento de funcionários da secretaria para os Departamentos e para Biblioteca; efetuou a contratação de mais alguns funcionários e professores para atender as necessidades detectadas na gestão anterior; deu continuidade a 2ª etapa do Curso de Especialização, coordenou o vestibular de 1991 e a solenidade de conclusão dos formandos de 1990.

 

Capítulo 4


 

Os anos iniciais de fundação do Campus Avançado de Patu foram muito difíceis onde o seu coordenador, Prof. João Ismar de Moura, precisou se virar nos 30 para conseguir a manutenção do mesmo. Além das constantes viagens a Mossoró em busca de apoio na reitoria da antiga URRN era preciso também bater as portas do poder público, no caso mais próximo, a prefeitura municipal de Patu.

Foto de João Ismar de Moura

 

 

João Ismar de Moura

Enfrentou dificuldades para implantação do Campus de Patu

 

 

 

 

João Ismar de Moura solicitou apoio ao então prefeito Zequinha Tavares que prontamente atendeu a solicitação dele destinando 10% dos recursos do ICMS para o Campus e desta forma dar prosseguimento as ações do Campus. Mesmo com o gesto fraterno do prefeito Zequinha Tavares, João Ismar não estava totalmente satisfeito porque os recursos destinados ao Campus eram repassados para administração da Universidade em Mossoró e que, segundo João Ismar, os mesmos não retornavam em sua totalidade.

 Foto de José Tavares de Holanda

 

Ex-Prefeito José Tavares de Holanda (Zequinha Tavares)

Sua gestão ajudou muito ao Campus, destinando 10% do ICMS para manutenção do mesmo.

 

 

 

 

 

Após a administração do prefeito Zequinha Tavares, veio a administração do prefeito Epitácio de Andrade que segundo relato do prof. João Ismar de Moura, "foi o melhor prefeito para o Campus Avançado de Patu". Epitácio de Andrade continuou destinando 10% dos recursos do ICMS para o Campus, mas de forma diferente, ou seja, não repassava para a administração da FURRN e sim em materiais de construção e de apoio que o Campus local necessitasse.

Foto do Prefeito Epitácio de Andrade

 

Ex-Prefeito Epitácio de Andrade, segundo João Ismar de Moura, foi o melhor prefeito para o Campus de Patu.

 

 

 

 

 

 

João Ismar, a princípio não gostou da idéia dos 10% serem revertidos em materiais, mas, depois viu que foi a melhor coisa que aconteceu porque foi a época que mais investimentos em infraestrutura foram realizados no Campus, como a construção de seis salas de aulas, a Diretoria, a Biblioteca, a Quadra de Esportes (O construtor da quadra e de algumas salas de aula foi "Carrapicho", filho de Zé Marcolino), o Almoxarifado e restaurado o muro. Outra ação importante do então prefeito Epitácio de Andrade consistiu no atendimento a alunos carentes da cidade que recebiam bolsas de estudos bancadas pela prefeitura municipal para estudar no Campus, já que na época a universidade era particular, onde podemos citar alguns alunos beneficiados por esta ação: Auri Marconi Diniz, Rubinaldo Maia, Gracineide Arruda, Sebastião Leite e outros.

 

 Fotos dos alunos na quadra de esportes

 

Na gestão de Epitácio Andrade foram feitas as seguintes obras: seis salas de aulas, a Diretoria, a Biblioteca, a Quadra de Esportes (O construtor da quadra e de algumas salas de aula foi "Carrapicho", filho de Zé Marcolino), o Almoxarifado e restaurado o muro. 

 

 

 

 

 

 

 

Durante a trajetória do Campus Avançado de Patu surgiram na cidade os movimentos estudantis organizados como por exemplo a ACUP – Associação Cultural Universitária de Patu – que ao longo de sua história contribui significativamente com a educação e cultura de nosso município através de suas atividades realizadas no município que no futuro desencadeou na criação da Feira da Cultura, idealizada por Dona Lurdinha Holanda, esposa do prefeito Epitácio de Andrade, hoje a Feira da Cultura se encontra consolidada, estando em sua 28ª Edição. A publicação da história da ACUP faz parte dos planos do blog A Folha Patuense na série Patu: Conte a Sua História.

 

Foto de Rubinaldo e Marconi

 

Rubinaldo Maia e Marconi Diniz são exemplos de estudantes que foram atendidos com bolsas de estudo mantidas pela prefeitura de Patu na administração de Epitácio de Andrade.

 

 

 

 

 

 

Foto da Feira da Cultura

 

 

Com o crescimento do movimento estudantil em Patu, surgiu a ACUP (Associação Cultural Universitária Patuense) que alavancou a cultura de Patu vindo no futuro desencadear a Feira da Cultura idealizada por Dona Lurdinha Holanda, esposa de Epitácio de Andrade.

 

 

 

 

 

 

Foto de Dona Lurdinha Holanda e seus filhos

 

 

Dona Lurdinha Holanda e seus filhos

Ela idealizou a Feira da Cultura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capítulo 5


A gestão do professor Luís Gonzaga de Oliveira teve como contribuição para o Campus as seguintes ações: Construção de três novas salas para atender aos cursos, sendo uma para o laboratório de Ciências (Matemática), uma para o laboratório de Ciências Contábeis e outra como sala de vídeo para o curso de Pedagogia.

 

Foto do Laboratório de Contábeis

 

 

Laboratório de Ciências Contábeis

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto da Placa do Laboratório de Ciências Contábeis

 

 

Placa do Laboratório de Ciências Contábeis

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo o coordenador do Campus de Patu, prof. Luís Gonzaga de Oliveira a Prefeitura Municipal de Patu, através do prefeito Ednardo Benigno de Moura, ajudou na construção das referidas salas. No período da gestão do professor Gonzaga foi ampliado os eventos acadêmicos do Campus como ENCUC – Encontro Universitário de Contabilidade (ENCUC), Semana de Matemática e de Pedagogia. Outra ação importante neste período foi a realização do I Curso de Especialização em Metodologia do Ensino Superior e da Pesquisa Científica, realizado na sede do Campus e no Santuário do Lima, onde foram capacitados professores lotados no Campus de Patu e no Campus Central da Universidade. Para realização do curso de Especialização o prof. Gonzaga recebeu apoio da Reitoria da URRN e da Prefeitura Municipal de Patu.

 

Foto de Luiz Gonzaga de Oliveira

 

 

Luiz Gonzaga de Oliveira

Diretor do Campus Gestão: 1989 a 1993.

 

 

 

 

 

 

Foto de Ednardo Benigno de Moura

 

Na administração de Dr. Ednardo Moura como prefeito de Patu ele ajudou ao Campus na construção de três novas sala para os laboratórios dos cursos e apoio na realização do 1º Curso de Especialçização.

 

 

 

 

 

No ano de 1994 assumiu a coordenação do Campus Avançado de Patu a professora e advogada Mozeneide Alves de Lima Félix que na gestão anterior era vice-coordenadora do Campus e desta forma deu continuidade aos projetos deixados pelo prof. Gonzaga. A professora Mozeneide tinha como vice-coordenadora do Campus a profª Maria de Lourdes Brasil. Na época da gestão da professora Mozeneide Félix a reitora da UERN era Nevinha Gurgel que ajudou ao Campus com o envio de equipamentos necessários aos cursos bem como agilizou o processo de liberação do atual prédio do Campus que era divido com a escola Estadual Dr. Xavier Fernandes. O governo do Estado, na administração do governador Garibaldi Filho, construiu a nova sede da Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes e também realizou uma mini- reforma na sede do Campus onde o mesmo compareceu para a entrega da obra.

 

Foto de Nevinha Gurgel

 

 

Nevinha Gurgel

Reitora no período de 1993 a 1997.

 

 

 

 

 

 

Foto de Mozeneide Alves Felix com o marido

 

 

Mozeneide Alves Félix

Diretora do Campus de Patu Gestão: 1994 a 1997.

 

 

  

 

 

 

 

 

Foto do Hotel do Santuário do Lima

 

 

 O 1º Curso de Especialização do Campus de Patu foi realizado no Hotel do Santuário do Lima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 Foto de Garibaldi Alves Filho

 

Governador Garibaldi Alves Filho

Construiu a nova sede da Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes, liberando o antigo prédio exclusivo para o Campus de Patu. 

 

 

 

 

 

 

Capítulo 6


Ainda não gestão da professora Mozeneide Alves de Lima Félix o Campus Avançado de Patu realizou uma parceria com a prefeitura municipal de Patu, na gestão do Prefeito Lair Solano Vale, para a implantação de um cursinho pré-vestibular gratuito para alunos carentes da comunidade que tinham concluído o ensino médio, como forma de incentivo para que os mesmos tivessem acesso a universidade. O resultado da parceira foi ótimo, onde no vestibular seguinte o número de candidatos aprovados no município foi bem acentuado, superando os vestibulares realizados anteriormente pela instituição.

 

Foto do I Encontro Intermunicipal de Educação

 

Participação do prefeito de Patu Lair Solano Vale no I Encontro Municipal de Educação.

 

 

 

 

 

 

 

Outro passo importante na história da URRN e do Campus de Patu foi o reconhecimento da Universidade pelo Conselho Federal de Educação, em sessão realizada no dia 4 de maio de 1993, conforme Portaria Ministerial nº 874, de 17 de junho de 1993, e Decreto nº 83.857, de 15 de agosto de 1993, do ministro Murílio de Avellar Hingel.

No ano de 1998 teve início a primeira gestão do diretor Ozório Barboza de Meneses onde o reitor da UERN era o prof. Walter Fonseca que criou na universidade o programa de formação de professores – Proformação. Na gestão do professor Ozório Barboza de Meneses foi implantado o Proformação - curso de Pedagogia, que atendeu a centenas de alunos-professores de toda a região, cumprindo o papel proposto pelo MEC onde todos os professores deveriam concluir o curso superior. O Proformação era coordenado pelo professor Francinildo Costa de Oliveira. O curso Proformação teve a sua última solenidade de formatura realizada no dia 30 de maio de 2005 no Módulo Esportivo Miguel Câmara Rocha marcando assim o momento encerramento do curso durante 10 anos onde formou centenas de professores de nossa região.

 

Foto de Francinildo Costa de Oliveira

 

Professor Francinildo Costa de Oliveira

Coordenador do Proformação Pólo IV Patu-RN.

 

 

 

 

 

 

 

Na gestão do professor Ozório Barboza o Campus de Patu passou por uma pequena reforma principalmente no aspecto de pinturas e readequação da parte de infra-estrutura administrativa.

 

 Foto de Ozório Barbosa de Meneses

 

Ozório Barbosa de Meneses

Diretor do Campus por dois mandatos - 1998 a 2005.

 

 

 

 

 

 

No ano de 2002 teve início a segunda gestão do prof. Ozório Barboza de Meneses que deu continuidade ao plano de trabalho iniciado em 1998 sendo concluída no ano de 2005 onde deixou concluído um bloco de salas para os professores faltando apenas a parte de móveis e equipamentos ficando na responsabilidade do novo diretor.

 

Foto das Salas dos professores

 

 

Novo bloco de salas de aulas e para os professores construído na gestão do Prof. Ozório Barbosa.

 

 

 

 

 

 

 

No ano de 2006 assume como diretor o professor Raimundo de Oliveira Paiva. A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte possuindo o seu orçamento anual não foi mais preciso que os diretores pedissem socorro financeiros as prefeituras municipais que por sua vez continuaram apoiando as ações do Campus em ocasiões de realização de eventos acadêmicos e ajuda, em forma de bolsa, para os alunos do proformação.

 

Foto de Raimundo Paiva de Oliveira

 

Raimundo de Oliveira Paiva

Diretor da Campus 2006 a 2009

 

 

 

 

 

 

 

Na gestão de Raimundo Paiva foi realizada algumas melhorias como pavimentação do pátio interno de acesso a direção e departamentos acadêmicos com jardins e bancos. O professor Raimundo lutou muito junto a reitoria da UERN, tendo a frente o Reitor Milton Marques, para ampliação e reforma do Campus, mas, não foi possível concretizar o seu sonho pois a Universidade estava investindo no Campus de Pau dos Ferros, Natal e Campus Central ficando os investimentos para o Campus de Patu nos anos vindouros. O projeto da reforma e ampliação do Campus foi aprovado somente no apagar das luzes da administração de Raimundo de Oliveira Paiva não sendo possível concluir.

 

Foto do pátio interno do campus 

 

 

O diretor Raimundo Paiva pavimentou o pátio interno, área de acesso a diretoria e departamentos acadêmicos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 Foto do jardim do pátio interno do Campus

 

 

Área de jardins do pátio interno do Campus de Patu.

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor: Aluísio Dutra de Oliveira
Digitação: Herbson de Assis Castro
Fonte: A Folha Patuense 


Atualizado por: Larissa de Almeida Medeiros em 30/09/2016 (Setor para Contato: C.A. PATU - Diretoria do Campus Avançado de Patu )

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Rua Lauro Maia, s/n, Centro - Patu/RN | 59770-000 | patu@uern.br | (84)3361-2209
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^